fbpx

oobras

Agência CBIC e o BIM Colaborativo

Agência CBIC e o BIM Colaborativo

Muitas vezes percebemos que a abordagem que está sendo utilizada para realizar tal operação não está sendo eficiente. Diante desse cenário, percebe-se a necessidade de inovar, de buscar alternativas, verdadeiramente, eficazes para desenvolver tais atividades. No entanto, ocorre com frequência a seguinte situação: a empresa quer evoluir e inovar, contudo a falta de estrutura  científica e econômica acaba impedindo esse avanço empresarial.  

 

Frente a esse contexto, no dia 28 de julho de 2020, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) organizou uma conferência online pela plataforma Zoom com a participação de seu consultor BIM, Rogério Suzuki, e com o presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat), Dionyzio Klavdianos. Nesse encontro, a CBIC enfatizou a criação de condições para as micro e pequenas empresas da indústria da construção terem a capacidade de aderirem o modelo BIM (Building Information Modeling – Modelagem de Informações da Construção) de desenvolvimento em seus projetos de obras. 

 

Antes de tudo, o que é o BIM?

A sigla BIM significa Building Information Modeling, traduzindo para a língua portuguesa, Modelagem de Informações da Construção, sobre isso, pode-se dizer que o BIM é uma forma de automação da informação. Essa tecnologia de desenvolvimento é uma maneira de planejar, tecnologicamente, os projetos de construções de maneira mais eficiente. Afinal de contas, ele cria modelos virtuais em terceira dimensão do projeto da edificação, bem como, permite que os colaboradores do projeto gerenciem a documentação do mesmo, coordenem-o e possam simular todo o ciclo vital da obra (planejamento, projeto, construção, operação e manutenção). Desse modo, o BIM permite que os projetistas analisem com maior satisfação as informações do projeto. Diferenciando-se do AutoCAD, a Modelagem de Informações da Construção traz maior riqueza em detalhes, tanto na parte estrutural quanto no produto final do design. Além do mais, através da centralização das informações, a automação da informação é apta a prover suporte informacional durante todas as fases do desenvolvimento da construção. 

 

Como o BIM auxilia as fases do ciclo de vida dos projetos de obras?

Essa tecnologia de automação é empregada por múltiplos profissionais da indústria da construção, como arquitetos, engenheiros civis e colaboradores. Para os arquitetos, além de possibilitar que o profissional aprimore o desempenho estético da edificação, o BIM proporciona facilidade na tomada de decisões. Já para os engenheiros civis, a Modelagem de Informações da Construção permite que essas figuras da obra melhorem o fluxo de trabalho e prevejam falhas no escopo do projeto. E, para os colaboradores da obra, o BIM facilita a conexão das informações ao longo da desenvoltura do local da construção. Posto isso, veja abaixo como a automação da informação está presente nas etapas do projeto:

Planejamento

Nesta etapa o BIM fornece informações cruzadas sobre a realidade e os modelos contextuais dos ambientes da edificação. 

Projeto

Na presente fase o BIM tem a finalidade de informar os projetistas através da documentação centralizada. Como consequência disso, a Modelagem de Informações da Construção torna-se peça fundamental para a criação do cronograma da obra.

Construção

Através do modelo 3D criado pelo BIM, a ferramenta possibilita a melhor coesão entre as empreiteiras contratadas para desenvolver a obra, garantindo sincronização e eficiência.

Operação

Nesta última fase os dados providos pelo BIM são empregados em ações de operação e manutenção do que já foi desenvolvido. 

 

Quais são as vantagens de utilizar o BIM em meu projeto de obra?

Redução dos prazos

Antes do uso da Modelagem de Informações da Construção, os desenhos arquitetônicos eram feitos em segunda dimensão, o que poderia causar interpretações dúbias quanto a alguns detalhes do projeto, sendo assim, o 2D podia ser facilmente uma fonte de falhas. No entanto, como o BIM possui criação de modelos 3D, os projetos possuem vasta riqueza em detalhes, o que permite que os colaboradores possam compreender a obra em sua totalidade, minimizando o tempo gasto com retrabalhos e desperdícios de insumos.

Prevenção à falhas

Por conta da abundância de dados e da qualidade das informações, os profissionais responsáveis pelo projeto podem analisar minuciosamente a documentação e os esquemas gráficos da obra, prevendo erros de diagramação que poderiam causar retrabalhos no canteiro da obra.

Economia do custo total do projeto

Como você já sabe, o BIM possibilita que os profissionais do projeto prevejam falhas e reduzam o tempo da obra. Concomitante a esses fatores, o BIM também proporciona economia do custo total da obra. Esse item está extremamente atrelado ao item anterior. Afinal de contas, se você não precisa realizar retrabalhos ou consertar algo que foi feito, logicamente não haverá custos adicionais com esses gêneros. 

Capacidade de testar inúmeras possibilidades antes de implementar

Através da modelagem tridimensional da obra, os projetistas possuem a liberdade de testar visuais, combinações e layouts distintos, visando a melhor configuração possível da edificação. Dessa forma, é possível encontrar a composição visual específica para o público alvo do empreendimento. 

Centralização das informações

A tecnologia Modelagem de Informações da Construção conta com o recurso de unificar a documentação vigente da obra. Dessa forma, os colaboradores do projeto não precisam mais perder tempo procurando papelada no escritório da construtora. Com esses artifícios, os profissionais da construção podem, facilmente, verificar os detalhes acerca da edificação. 

 

Implementação do método BIM

Antes de implementar algo novo é sempre necessário muito estudo, sendo assim, com a Modelagem de Informações da Construção não é diferente. Diante disso, a empresa que intenta adotar essa maneira de planejamento necessitará investir em capacitação para os seus funcionários, em softwares que sustentem o BIM e em mudanças no fluxo de trabalho empresarial.

 

REFERÊNCIAS:

GONÇALVES, Francisco. BIM na construção civil: por onde começar? Disponível em: https://maisengenharia.altoqi.com.br/bim/bim-na-construcao-civil-por-onde-comecar/.  AltoQi. Acesso em: 03 ago. 2020.

O que é BIM? Tekla. Disponível em: https://www.tekla.com/br/sobre/o-que-%C3%A9-bim#:~:text=%E2%80%9C%20Com%20a%20tecnologia%20BIM%20(Building,do%20que%20os%20processos%20manuais. Acesso em: 03 ago. 2020.

Construção civil debate BIM Colaborativo no dia 28 de julho. CBIC. 2020.Disponível em: https://cbic.org.br/es_ES/construcao-civil-debate-bim-colaborativo-no-dia-28-de-julho/. Acesso em: 03 ago. 2020.

Por que BIM é o futuro da construção civil e como se adaptar. EPEC, 2020. Disponível em: https://epec-ufsc.com.br/sem-categoria/por-que-bim-e-o-futuro-da-construcao-civil-e-como-se-adaptar/?gclid=Cj0KCQjw8fr7BRDSARIsAK0Qqr4pfskAJY0KX8mDSx014Kh2XcaenmlIFjSVugcEtHOlqvmDXQT5f_8aAsf5EALw_wcB. Acesso em: 08 out. 2020.

Quais são os benefícios do BIM? Autodesk, 2020. Disponível em: https://www.autodesk.com.br/solutions/bim/benefits-of-bim?mktvar002=3712710|SEM|10467466244|106765851787|kwd-296217335642. Acesso em: 08 out. 2020.

Gestão de equipes externas

Siga nossas redes sociais