fbpx

oobras

O que fazer para evitar o atraso nas obras?

Executar projetos imobiliários é uma atividade complexa. Exige muita burocracia e conta com muitos empecilhos, como os processos excessivos, as questões orçamentárias, a mão de obra desqualificada e, ainda, o desperdício de tempo corriqueiro. 

 

O desperdício de tempo é inimigo do sucesso e da conclusão das atividades. Caso o mau uso do tempo se torne frequente, haverá consequências diversas para muitos profissionais. Por exemplo, isso pode causar atraso no cronograma, atrapalhando o andamento das atividades, prejudicando a reputação da empresa e, também, forçando os empregadores a estenderem os contratos por conta do aumento do cronograma vigente ao projeto.

 

De acordo com a Associação Brasileira do Consumidor (ABC) citada por Filippi e Melhado (2015), os atrasos nas obras em São Paulo cresceram 65% entre os anos de 2005 e 2010. Ademais, os autores salientaram que a maioria dos problemas de entregas de imóveis são ocasionadas por atrasos contratuais. Outro fato que exemplifica como o desperdício de tempo é letal para a construção dos imóveis é o aumento de 2600% em ações contra construtoras, passando de 140 processos em 2008 para 3779 em 2013.

 

Agora que você entendeu que é de grande importância que os atrasos, bem como, o desperdício de tempo sejam combatidos, o presente texto irá te ajudar a resolver esses problemas na sua empresa. Desse modo, inicialmente, serão apresentadas as causas mais frequentes de atrasos nos projetos e então métodos para que você possa corrigir as falhas. Boa leitura!

 

Causas mais frequentes de atrasos na construção civil

 

Em uma pesquisa realizada por Filippi e Melhado (2015), foram levantadas mais de 70 causas responsáveis pelos atrasos nas obras de diversos países. Diante disso, os autores já mencionados elencaram as principais e mais frequentes causas dos atrasos na construção civil, sendo estas:

 

  • Planejamento do projeto malfeito ou programação de serviços ineficazes;
  • Má gestão e organização das equipes no local de trabalho;
  • Inexperiência do empreendedor como contratante;
  • Interferência de subempreiteiros e trabalho inadequado;
  • Atraso nos trabalhos de empresas terceirizadas;
  • Mão de obra não qualificada.
  • Escassez de mão de obra;
  • Baixo nível de produtividade da mão de obra;
  • Atraso ou baixa mobilização de mão de obra no canteiro;
  • Retrabalho devido a erros durante a construção;
  • Atraso na entrega de material;
  • Conflitos nas programações de subempreiteiros;
  • Revisão do progresso físico inadequado;
  • Interferência do empreendedor ou proprietário nas operações;
  • Tempo e condições meteorológicas (calor, chuva, etc.).

 

À vista do exposto, enfatizam-se os seguintes textos do Blog OObras que podem te ajudar de maneira mais específica a resolver alguns dos problemas apresentados acima:

 

  • O que você precisa saber sobre gestão de equipes externas;
  • Como evitar desperdício de tempo em suas obras;
  • Por que você deve se importar com processos para gestão de equipes externas;
  • Coordenação de Tarefas: como utilizar para a gestão de equipes externas.

 

Entenda o que você pode fazer para diminuir as chances de atrasar a sua obra

 

Como você viu, existem muitos agravantes que podem ocasionar os atrasos nas obras, portanto, agora você irá ver algumas dicas para minimizar esses riscos e aprimorar os projetos da sua empresa. Vamos lá?

 

Elabore um planejamento estruturado

 

De acordo com a pesquisadora Katriane Lunelli (2020), o planejamento da obra deve ser elaborado com bastante antecedência e deve contemplar uma visualização ampla. Desse modo, é possível identificar todos os passos do projeto e realizar correções antes de pôr em prática. Além de que, a autora explica a importância de estabelecer todas as etapas da obra com clareza e tempo hábil, possibilitando margem de tempo para sanar imprevistos que podem ocorrer no canteiro da obra. Para mais, Lunelli enfatiza que devem ser criadas metas. Assim, as equipes estarão sendo incentivadas.

 

Mantenha a ordem no canteiro de obras

 

Agora que você já tem o planejamento detalhado em mãos, é hora de analisar o melhor lugar para o canteiro de obra. Para fazer isso, é necessário levar em consideração os parâmetros previstos na regulamentação, ou seja NR 18 e NBR 1367. Dito isso, você precisará verificar, com atenção, algumas características do terreno, como melhor local para a entrada e saída de caminhões, para o descarregamento de materiais, para as centrais de energia e água e, ainda, é importante verificar quais são os espaços ideais para a circulação das equipes de trabalho. 

 

Qualifique a sua equipe

 

Como você pode perceber, a mão de obra desqualificada é um dos indicadores que causam atrasos nas obras. Assim, como, infelizmente, existe dificuldade para  encontrar profissionais devidamente capacitados, a solução é treinar os seus colaboradores. Para isso, você pode investir em cursos, workshops, palestras e muito mais. Desse modo, os seus empregados se sentirão valorizados e, por terem o conhecimento em mãos, poderão executar as atividades com maior eficiência e maestria.

 

Defina prazos parametrizados

 

Outro fator visto anteriormente é o atraso nos trabalhos de empresas terceirizadas. Como o serviço foi terceirizado, não cabe a você tentar interferir no funcionamento da outra empresa. Contudo, você pode definir um prazo para a conclusão das atividades da contratada. Para isso, é importante que seja levada em consideração a seguinte questão: “Para quando você precisa que o trabalho esteja pronto?”. Ciente desta data, estipule um prazo anterior a essa data para que a empresa terceirizada conclua o serviço. Assim, caso eles tenham problemas para concluir, estará tudo bem, afinal, a data que você precisa que esteja pronto ainda não chegou. Mas lembre-se, não revele a data que você precisa do trabalho pronto para a outra empresa, se não, a contratada ficará “sossegada”.

 

Faça o uso das tecnologias a seu favor

 

Há ainda aplicativos de gestão, direcionados ao ramo da construção civil, que impactam positivamente na otimização de tempo. Dentre eles, destaca-se a plataforma OObras, que foi desenvolvida para facilitar a gestão de equipes externas, de construtoras e empreiteiras, visando auxiliar no desenvolvimento das obras. 

 

Referências:

FILIPPI, G. A; MELHADO, S. B. Um estudo sobre as causas de atrasos de obras de empreendimentos imobiliários na região Metropolitana de São Paulo. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 15, n. 3, jul./set. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1678-86212015000300161&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 13 jan. 2021.

LUNELLI, K. Como evitar o desperdício de tempo em suas obras. OObras, 2020. Disponível em: https://oobras.com.br/como-evitar-desperdicio-de-tempo-em-suas-obras/ . Acesso em: 13 jan. 2021.

 

Gestão de equipes externas

Siga nossas redes sociais