fbpx

oobras

Os maiores problemas com dário de obras e como corrigi-los

Para tudo que se realiza na vida, é importante haver o registro. Claramente, na Indústria da Construção não seria diferente. Nesse efeito, o presente texto irá abranger o que é o diário de obras, qual a obrigatoriedade desse registro, a diferença entre ele e o livro de ordem e, para fechar com chave de ouro, os problemas que podem surgir com o diário de obras e as respectivas soluções dos mesmos. Aproveite a leitura!

 

O que é o Diário de Obras?

 

Diário de Obras (DO) ou Relatório Diário de Obras (RDO), é um documento que deve ser efetuado após o final de cada rotina de trabalho no canteiro de obra. Nessa magnitude, para criar um diário de obra completo e eficiente, é necessário contemplar algumas informações imprescindíveis para a realização do mesmo, como:

 

  • Nome e dados da respectiva obra;
  • Dados do proprietário ou cliente;
  • Data de início e data prevista para o término da obra;
  • Data vigente;
  • Engenheiro responsável pelo projeto;
  • Atividades realizadas no dia;
  • Condições climáticas;
  • Ocorrências imprevistas para o dia;
  • Efetivo com a descrição da quantidade de funcionários e terceiros;
  • Máquinas e equipamentos utilizados. 

 

Além dessa série de informações necessárias, é primordial que sejam colhidas as assinaturas das empresas envolvidas no projeto da obra, ou seja, a contratada, administradora e, também, o cliente. Para isso, o Diário de Obra deverá ser impresso 3 vezes. Nesse contexto, após o engenheiro realizar o documento, enviar para a administradora, ela o retornar com os comentários necessários e assinar, será entregue a cópia do cliente. 

 

Qual a obrigatoriedade do Diário de Obra?

 

Incrivelmente, você sabia que o RDO não é obrigatório por lei? Pois é, diferentemente do Livro de Ordem, o Diário de Obras só é obrigatório se o contrato entre as partes responsáveis pela construção dispõe desse encargo. Caso contrário, não é necessária a execução do DO.

 

No entanto, é importante para a empresa responsável pela execução do projeto realizar o desenvolvimento do RDO mesmo sem a necessidade. Afinal de contas, isso garante a transparência, comprometimento e responsabilidade para a mesma. 

 

Aliás, caso esteja explícito no contrato a obrigação do Diário de Obras e a entidade responsável pelo mesmo não realizar ele, isso imcumbirá em multas e outras situações judiciais não desejadas para ninguém. Portanto, fique de olho em seu RDO.

 

Qual a diferença entre Diário de Obras e Livro de Ordem?

 

A primeira diferença a ser ressaltada é que o Livro de Ordem é obrigatório desde 21 de agosto de 2009 pela Resolução nº 1.024. Como você já viu, o RDO não é obrigatório por lei. Diante disso, é nítido que caso o Livro de Ordem não esteja de acordo com a resolução supramencionada, serão implicadas ações judiciais e multas, podendo haver a paralisação da obra.

 

Outra questão é que o Livro de Ordem contém algumas informações similares às do DO e também outras mais complexas, como:

 

  • Dados do empreendimento, do proprietário, do responsável técnico e da respectiva Anotação de Responsabilidade Técnica (ART);
  • Data de início e data prevista para o término da obra;
  • Datas de início e de conclusão de cada etapa programada;
  • Orientações de execução sobre cada atividade;
  • Nomes de empreiteiras ou subempreiteiras, caracterizando as atividades e seus encargos, com as datas de início e conclusão, e números das ARTs respectivas;
  • Acidentes, danos materiais e imprevistos ocorridos durante os trabalhos;
  • Os períodos de interrupção dos trabalhos e seus motivos, quer de caráter financeiro ou meteorológico, quer por falhas em serviços de terceiros não sujeitas à ingerência do responsável técnico;
  • Relatos de visitas datados e assinados pelo responsável técnico da obra.

 

Problemas e soluções para o seu Relatório Diário de Obras

 

Problema 1: não lembro de tudo que aconteceu hoje no canteiro de obras

 

Como durante a rotina de trabalho pode acontecer muita coisa e o RDO cobra diversas informações, pode ocorrer de você esquecer tudo de relevante que aconteceu no canteiro. Afinal de contas, é normal as pessoas ficarem mentalmente cansadas após 8h de trabalho. 

 

Solução do problema 1

 

Para esse caso, é interessante que você anote os acontecimentos e os dados durante a jornada de trabalho em um rascunho. Desse modo, quando você for preencher o seu Relatório Diário de Obras, as informações já estarão prontas, poupando o seu empenho em tentar lembrar o que aconteceu no dia. Então, já sabe né? Tenha à mão algo em que você possa realizar as suas anotações durante a sua jornada no canteiro.

 

Problema 2: estou sem tempo hábil para realizar o documento

 

Outra eventualidade que pode acontecer é a falta de tempo. Como o documento em pauta deve ser elaborado somente após o fim dos trabalhos no canteiro de obra, pode acontecer de você não ter tempo suficiente para preencher de maneira apropriada o diário. Até mesmo porque, pode ser que você tenha algum compromisso agendado após o seu horário de trabalho e é claro que você não quer faltar com a sua responsabilidade e nem mesmo chegar atrasado no compromisso.

 

Solução do problema 2:

 

Para resolver esse problema, você pode combinar com a sua empresa e seus colaboradores o seguinte. Se você sabe que precisa de 30 minutos para executar o RDO, que tal combinar de iniciar as atividades do canteiro 30 minutos mais cedo, consequentemente, o expediente dos colaboradores também encerrará antes. Dessa forma, você terá o seu tempo para preencher o seu relatório e a jornada de seus colaboradores não estará comprometida.

 

Solução do problema 1 e 2 ao mesmo tempo:

 

Como você pode ver, para os dois problemas as soluções foram diferentes. Mas, já pensou como seria bom ter a mesmo solução para os dois? Se você gostou dessa ideia, se acalme por que ela fica melhor ainda.

 

Existem muitas ferramentas no mercado para a construção civil. Excepcionalmente, existe o OObras nesse mercado, focado exclusivamente para o seu canteiro de obras. Com ele, você nem precisará mais se preocupar com o Diário de Obras, afinal, ele faz isso por você. 

 

Por meio dos apontamentos realizados durante a rotina de trabalho e dos dados da obra já cadastrados, ele emite o seu diário de obras com tudo que você precisa e em poucos cliques, economizando seu tempo e otimizando a rotina de trabalho. Clique aqui para conhecer mais sobre essa ferramenta!

Gestão de equipes externas

Siga nossas redes sociais