fbpx

oobras

Setor de Construção Civil Espera um Crescimento de 3% Para o Ano 2020.

Setor de Construção Civil Espera um Crescimento de 3% Para o Ano 2020.

Com a crise brasileira ocorrida entre 2014 e 2018, a indústria de construção viveu um cenário duramente abalado. De acordo com os dados fornecidos pelo IBGE ao G1 em 2018, em 2 anos o setor de obras perdeu 600 empresas e R$120 bilhões de receita. De maneira simultânea, ocorreu uma redução empregatícia de 880 mil vagas

Em vista do apresentado, em 2019 o PIB brasileiro cresceu 2% em relação ao ano de 2018. Por conta disso, o presidente do Sindicato da Construção de São Paulo, Odair Senra, pareceu otimista ao afirmar ao R7 o seguinte: “A percepção é de que a crise do setor [de construção civil] ficou para trás”.

De acordo com o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, José Carlos Martins, o ano de 2020 apresenta a expectativa de criação de aproximadamente 200 mil novos postos de trabalho formais. Sobre isso, o sindicato da construção civil da capital paulista também projetou um crescimento em torno de 3% para o setor imobiliário.

Com base no exposto, conclui-se que a hora de investir na sua construtora é agora! Para isso, você precisa de uma ferramenta que inovará a gestão das suas equipes de obras. Essa ferramenta inovadora irá otimizar o tempo e detonar os desperdícios dentro do seu canteiro de obra. Muitos outros benefícios esperam por você. Conheça a plataforma que causará grandes diferenciais para a sua empresa clicando aqui.

 

Referências

SILVEIRA, Daniel. Em dois anos, construção perde 601 empresas e mais de R$ 120 bi em receita, aponta IBGE. 2018. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/noticia/em-dois-anos-construcao-perde-601-empresas-e-mais-de-r-120-bi-em-receita-aponta-ibge.ghtml. Acesso em: 06 maio. 2020.

R7. Construção civil deve crescer 3% e gerar 150 mil empregos em 2020. 2020. Disponível em: https://noticias.r7.com/economia/construcao-civil-deve-crescer-3-e-gerar-150-mil-empregos-em-2020-06012020. Acesso em: 07 maio. 2020.

Gestão de equipes externas

Siga nossas redes sociais