fbpx

oobras

Os benefícios de realizar as entregas dentro do prazo

Os benefícios de realizar as entregas dentro do prazo

Todas as áreas da vida profissional e pessoal possuem um fator em comum, os prazos. Seja para entregar trabalho na escola, para pagar boletos na vida adulta ou até mesmo para concluir com excelência o cronograma de uma obra, as datas de entregas sempre estarão presentes. Ademais, cabe ressaltar que, o respeito e cumprimento dos mesmos representa características muito relevantes às empresas, como integridade, responsabilidade, comprometimento, organização, dedicação e empenho. Sendo assim, a corporação que satisfaz os prazos pré-estabelecidos possui grandes diferenciais contra os seus concorrentes no mundo dos negócios, sem falar que, acaba sendo muito valorizada pelos seus clientes. 

Diante do apresentado, Pedro Couto, doutor em engenharia civil pela Universidade do Minho, realizou um estudo minucioso sobre os atrasos de obras na construção civil. Posto isso, Couto definiu atrasos como “a derrapagem do prazo de execução para além da data prevista no contrato ou para além da data de conclusão das atividades críticas”. Acerca do exposto, o doutor em engenharia civil elencou diversas causas possíveis dos atrasos, sendo destacadas as seguintes:

  • Terreno indisponível;
  • Inexistência de financiamento adequado;
  • Falta de materiais;
  • Condições atmosféricas anormais;
  • Greves;
  • Epidemias;
  • Mão de obra desqualificada;
  • Fracasso na gestão das equipes externas ─ clique aqui para saber tudo sobre a gestão de equipes externas.

Além do mais, ao analisar o estudo produzido pelo Doutor citado acima, destacam-se os seguintes benefícios ao não atrasar as datas de entrega estipuladas previamente no cronograma da obra:

 

Economia

Quando uma obra atrasa o cronograma de tarefas da obra, é pago um preço. Esse preço está implícito, por exemplo, no aumento do tempo de aluguel de ferramentas e equipamentos, assim como no maior tempo de contratação da mão de obra, no custo de armazenamento dos equipamentos, insumos, materiais e afins e na emissão de novos alvarás. Dessa forma, ao manter a conclusão das tarefas em dia, a sua empresa não gastará além do valor esperado e estipulado no orçamento para a execução da obra. Além do mais, você não precisará arcar com mais despesas fiscais, como seguros, multas e burocracias similares. Portanto, ao cumprir prazos você estará sendo responsável e respeitoso ao próprio orçamento, bem como manterá a lucratividade.

 

Ordem na execução do projeto 

Muitas vezes existe uma relação de dependência entre certas atividades. Por exemplo, não há como plantar uma árvore sem antes cavar um buraco. Não obstante, o mesmo vale para o contexto da indústria da construção, em que, existe uma ordem, na qual as atividades devem ser executadas. Ademais, essa ordem de atividades é chamada de “sequenciamento de tarefas”, afinal, existe uma sequência lógica de execução que deve ser admitida e mantida. Posto isso, quando as equipes de execução das tarefas cumprem cada prazo das atividades, a ordem do planejamento do cronograma de execução mantém-se. Dessa forma, não ocorre o efeito em cadeia dos atrasos, em que, esse efeito consiste em prazos não cumpridos consecutivamente por questões de interdependência das tarefas.

 

Visão externa

Quem nunca passou pela situação frustrante de contratar um serviço para uma data específica e, quando chegou o dia, o profissional não realizou o ofício, descumprindo com o prazo estabelecido? Então, esse tipo de acontecimento, infelizmente, não é mais novidade no dia a dia do mercado de trabalho. Ademais, quando contrata-se um serviço e ele não é feito como o combinado, seja pela forma de execução ou pela ordem do cronograma, não existem dúvidas que o cliente não recomendará o contratado, afinal de contas, ele não agiu de forma profissional.

Acerca do apresentado, revela-se a importância de cumprir as datas de entregas pré-estabelecidas com o contratante. Sendo assim, ao respeitar os prazos, o seu cliente não necessitará cobrar multas referentes a atrasos. Além do mais, será diminuída drasticamente a probabilidade do seu cliente rescindir o contrato. Por sua vez, além de aumentar a credibilidade do seu serviço e da sua empresa, ao obedecer os prazos, você fornecerá uma boa experiência ao contratante, fazendo com que ele recomende os seus serviços ou produtos futuramente.

Em relação ao exposto, uma análise realizada em 2019 pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo constatou que, em setembro do mesmo ano havia 1.542 obras com problemas em seus cronogramas ou totalmente paralisadas. Como se não bastasse isso, a soma de valores dos investimentos iniciais imobilizados nas mais de mil obras em desordem superam a casa dos R$ 43.137.757.065,22. Frente a essas duras notícias, surge como solução a utilização da plataforma OObras para a organização e gestão do cronograma de cada projeto de construção, diminuindo severamente os riscos de atrasos em obras.

Portanto, se a empresa que você trabalha é do setor da indústria da construção e a gestão da corporação possui dificuldades para cumprir prazos, você necessita imediatamente utilizar o OObras. O OObras é uma ferramenta única e inovadora desenvolvida para solucionar os seus mais diversos problemas na gestão de obras. Além de ser um aplicativo que facilita o cumprimento de prazos, o OObras traz muitos benefícios ao seus usuários, sendo assim, destacam-se os seguintes recursos que só os Clientes OObras possuem: 

  • Documentação disponível em tempo real; 
  • Análise da produtividade;
  • Gestão integrada das tarefas; 
  • Centralização das informações dos projetos; 
  • Gestão dos recursos empresariais;
  • Dimensionamento das equipes;
  • Auxílio na tomada de decisões.

Clique aqui para conhecer essa ferramenta poderosa! Você vai ficar de fora dessa oportunidade ímpar?  

 

REFERÊNCIAS:

COUTO, J. Pedro. Incumprimento dos prazos na construção. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia Civil – Processos de Construção). Universidade do Minho. Braga, Portugal. 2007. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/7292. Acesso em: 30 jun. 2020.

COUTO, J. Pedro; TEIXEIRA, José M. Cardoso. As consequências do incumprimento dos prazos para a competitividade da indústria de construção: razões para os atrasos. 2005. CONFERÊNCIA ENGENHARIA 2005, 3, Covilhã, 2005 – ” Conferência Engenharia 2005″. Disponível em: https://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/5068. Acesso em: 30 jun. 2020.

Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. TCE aponta 43 bilhões em obras atrasadas e paralisadas no Estado. 2019. Disponível em: https://www.tce.sp.gov.br/6524-tce-aponta-43-bilhoes-obras-atrasadas-e-paralisadas-estado. Acesso em: 30 jun. 2020.

Gestão de equipes externas

Siga nossas redes sociais